Estes são os novos santos e beatos que a década de 2010 nos deixa

Como começará uma nova década em 1º de janeiro, compartilhamos a matéria do ACI DIGITAL com uma visão retrospectiva de alguns homens e mulheres que foram declarados santos e beatos nos últimos dez anos.

2011

Em junho de 2011, foram beatificados na cidade de Lübeck (Alemanha), os sacerdotes Johannes Prassek, Hermann Lange e Eduard Müller, que foram martirizados e assassinados pelos nazistas em 1943, durante a Segunda Guerra Mundial.

2012

No início do Sínodo dos Bispos sobre a nova evangelização, em 7 de outubro de 2012, o Papa Bento XVI declarou dois novos Doutores da Igreja: o espanhol São João de Ávila e a alemã Santa Hildegarda de Bingen.

2013

Em 12 de maio de 2013, o Papa Francisco presidiu na Praça de São Pedro a Missa de canonização de Antônio Primaldo e seus 800 companheiros, martirizados pelos muçulmanos do Império Otomano durante o ataque à pequena cidade italiana de Otranto, na Apúlia, 29 de julho de 1480.
2014

Em 27 de abril de 2014, o Papa Francisco declarou santos São João Paulo II e São João XXIII, em uma Missa concelebrada por mais de mil pastores, entre cardeais, bispos e sacerdotes, incluindo o Pontífice emérito Bento XVI, e diante de cerca de 800 mil peregrinos.

2015

Em 12 de abril de 2015, o Papa Francisco proclamou Doutor da Igreja a São Gregório de Narek, conhecido como “Santo Agostinho dos Armênios”.

O Santo Padre concedeu o título durante uma Missa celebrada em memória de todas as vítimas do genocídio armênio, perpetrado pelo Império Otomano contra os cristãos há mais de cem anos.

No mesmo ano, em 23 de setembro, o Papa Francisco celebrou a Missa na esplanada do Santuário Nacional da Imaculada Conceição, em Washington DC. (Estados Unidos), na qual declarou santo o frade de origem espanhola e pai da Califórnia, Frei Junípero Serra.

Foi a primeira vez que um Papa presidiu uma canonização nos Estados Unidos e a primeira vez que Francisco visitou este país.

2016

Em 4 de setembro deste ano, o Papa Francisco canonizou Madre Teresa de Calcutá, descrita por ele como “uma generosa dispensadora da misericórdia divina”, uma das figuras mais emblemáticas da Igreja Católica e do mundo no século XX.

Estima-se que cerca de 120 mil pessoas de todo o mundo compareceram.

2017

Em 13 de maio de 2017, o Papa Francisco presidiu no átrio do Santuário de Nossa Senhora de Fátima (Portugal) a Missa de canonização dos pastorinhos Francisco e Jacinta Marto, as crianças que em 1917 testemunharam as aparições de Nossa Senhora nesta localidade portuguesa, junto com sua prima Lúcia.

2018

O Papa Francisco canonizou no dia 14 de outubro de 2018 Paulo VI, Dom Oscar Romero e outros cinco beatos, durante uma Missa multitudinária celebrada na Praça de São Pedro.

Os outros cinco beatos que foram canonizados são os sacerdotes italianos Francesco Spinelli e Vincenzo Romano, as religiosas Maria Caterina Kasper e Nazaria Ignacia de Santa Teresa de Jesus March Mesa, e o leigo italiano Nunzio Sulprizio.

2019

No dia 13 de outubro deste ano, o Papa presidiu a Missa de canonização de Ir. Dulce Lopes Pontes, conhecida como “anjo bom” da Bahia e a primeira santa nascida no Brasil.

Também foram canonizados São John Henry Newman, Santa Giuseppina Vanni, Santa Mariam Thresia Chiramel Mankidiyan, e Santa Marguerite Bays.